29 de outubro de 2009

E depois reclamam da audiência... Parte II

Graças aos meus caros companheiros-blogueiros, o assunto do último post rendeu. Mas alguns comentários me fizeram ver que deixei de aprofundar em temas onde eu deveria ter entrado mais. E é esse o motivo desse post.

Pelo ponto mais importante: é claro que eu não quis dizer que a Globo deva virar uma emissora esportiva, ela não deixaria de passar um jogo por rodada. Porém, jogos diferentes, pra localidades diferentes, em horários diferentes. O que passar em tv aberta para São Paulo, é pra ser pay-per-view pro resto do Brasil; o que passar em tv aberta para Minas Gerais, é pra ser PPV pro resto do Brasil.

No exemplo que dei no post passado, Coritiba x Atlético Paranaense jogariam ao meio dia. A Globo transmitiria a partida apenas para o estado do Paraná; nos outros estados, PPV.

É questão de inteligência:
audiência da tv aberta no Paraná + audiência do PPV no resto do Brasil + audiência de quem não precisa mais optar entre que jogo assistir.

Fora o fato de ser uma concorrência ao futebol europeu transmitido pelos canais ESPN. No horário das 16h, "competem" basicamente com um jogo do Camp. Espanhol e outro do Camp. Italiano. (No mínimo eu ficaria alternando os canais entre o clássico paranaense e Liverpool x Manchester United, transmitido ao meio dia do último domingo)

Outro ponto foi o comentário a respeito de não haver clássicos em toda rodada. Sem dúvidas, mas o que foi escrito vale para qualquer rodada, não só as de clássicos estaduais. Pegarei como exemplo os jogos marcados para às 16h do próximo domingo:

Palmeiras x Corinthians (Título x Nada)
Coritiba x Vitória (Rebaixamento x Nada)
Internacional x Botafogo (Título x Rebaixamento)
Goiás x Atlético Mineiro (Libertadores x Título)

Pergunto: quem, mesmo não sendo torcedor de tais times, não teria interesse em assistir a Internacional x Botafogo? Ou Goiás x Atl.MG?

Claro que não dá pra fazer os 10 jogos em horários distintos, mas há uma falta de inteligência absurda. Por exemplo nos jogos de sábado, onde jogarão ao mesmo tempo São Paulo x Barueri e Flamengo x Santos. Como se na maior torcida do Brasil não houvesse quem se interessasse pelo jogo do São Paulo, e como se na terceira maior torcida do Brasil não houvesse quem se interessasse pelo jogo do Flamengo. Ainda mais nesse caso, onde são ambos postulantes, no mínimo, a uma vaga na Libertadores.

E depois acham que é nos pontos corridos o problema da audiência...


post scriptum: O tema terá parte III, pra discutir uma importante questão levantada num dos comentários: se brasileiro gosta mesmo de futebol ou se gosta apenas do seu time.

post scriptum 2: Acabo de ver que, daqui duas rodadas, no maldito mesmo horário, tem Fluminense x Palmeiras e Atlético Mineiro x Flamengo. Foda...

16 comentários:

Gremista Fanático disse...

Cara concordo com voce em todos os sentidos, acho que eles tem que rever seus conceitos sobre esse tema de tranmissão de jogos, voce citou varios exemplos praticos de que seria muito melhor uma variação nos horarios dos jogos mais ampla, e olha que quando eles querem que é o caso de colocar jogos dos paulistas nas quartas feiras que tem sulamericana eles fazem, valeu, abraço.

Saudações do Gremista Fanático

Carlos disse...

É claro que todas estas questões e ponto de vista colocado pelo Futebol ao Cubo, os nossos dirigentes e ditas emissoras de TV engergaram tambem, mas parece que está mais interessante para estas TVs, influenciar para que todos migrem para o canal fechado, que com certeza está dando ou dará muito grana para estes donos de emissoras, o qual acho que nem gostam de futebol só de granabol....

carlos disse...

enxergaram (corrigindo)

Cadê Meu Camisa10? disse...

André, nem tem muito o que comentar.. Concordo plenamente com o que você está dizendo..

E repito muito disso está no amadorismo da gestão dos clubes, que enxergam nas cotas de televisão, a maior renda deles.. Quando pessoas sérias administrarem os clubes de maneira profissional, teremos maiores autonomia dos clubes..

Por exemplo, não concordo com a exclusividade da transmissão da Globo, se o Corinthians quer vender o jogo dele para Globo, o Palmeiras para a Band e o meu tricolor para Record,, qual o problema?

Bom, foi como você disse André, esse tema renderia um mês de debate no blog..

Abs,
Cadê Meu Camisa10?

Flávio Santos disse...

André,

Eu entendo seu ponto de vista, mas as emissoras não podem organizar sua grade de programação dessa maneira... os jogos são organizados no mesmo horário por uma questão cultural e de patrocínio... se você coloca partidas em horários diferentes ,mesmo que para praças locais ,mexe nos contratos de patrocinadores com outros programas... o Faustão, apesar de chato e repetivo, move milhões na Rede Globo... não é possível mexer em cláusulas contratuais tão bem "amarradas"...
Eu iria escrever mais aqui, porém vou aguardar a parte 3 da trilogia...rs...
Abraços

Claudio Henrique disse...

Muito inteligente a postagem. Você tá certíssimo. Eu por exemplo não sou torcedor nem de Botafogo nem de Internacional, mas assistirei a esse jogo, pois são duas equipes de tradição no futebol brasileiro.


Abraços

Eduardo Costa disse...

Cara é bpa boa discução mas tem muitos interesse por traz disso talvez seja esse o grande problema e a tv não consegue fazer isso. E nos somos obrigado a ver o que eles nos colocam quase a guela abaixo.

Michel Farias disse...

Essa situação é complicada, mas sempre quando posso eu vejo todos os jogos do brasileirão... sou estudioso,quem não tem canal fechado é obrigado a ver oq a globo passa..

Abraço!

http://ofuteboleoscariocas.blogspot.com/

Raul Torres disse...

Na verdade, a globo não vai e não tem o perfil para fazer isso aí. O problema é que ela comanda o futebol né!?

Esse papel caberia à Band que está vacilando em não voltar a ser o canal do esporte, como era nos anos 90 e tinha uma BELA fatia da audiência em todos os horários.

Grande maioria da população brasileira ainda não tem acesso à tv fechada. Se a Band volta a postura que tinha antes, arrebenta a boca do balão.

Abs!
http://nopiquedabola.wordpress.com/

Felipe Delfim disse...

Continuou magistralmente a última postagem. O Mata-Mata não iria resolver mesmo os problemas de audiência. Pelo contrário, só pioraria, na primeira fase, e só teria um índice razoável nas fases finais. Seria um baita absurdo.

Quem dera que os cartolas tivessem essa ideia e a ousadia de fazer isso, o que seria de um baita ganho para nós, amantes do futebol!

Abração André!

http://deprimafc.blogspot.com/

Rodrigo Gomides disse...

O único problema é que muitas emissoras não mudariam a programação para transmitir as partidas. Isso porque foi criado já um certo "padrão" de programação, que não deixa nenhum programa mudar de horário, devido a questões cômodas apenas para as emissoras.

Adaptar os jogos é possível sim. Não é muito simples, mas falta força de vontade dos cartolas. Existem interesses que vão além do que podemos saber... Infelizmente...

Fernando Gonzaga disse...

eu acho que o Globo está pouco se lixando para os torcedores, por isso monta a tabela com os jogos em horários simultâneos...se a emissora não quer mudar sua grade de programação por causa de outros jogos, então porque ela não libera para que a Band por exemplo, transmita uma ou duas partidas alternativas em outro horário que não seja o habitual da Globo...

abraço!!

Stéfano disse...

Excelentes textos. Concordo plenamente com ambos. Eu mesmo assistiria a todos esses jogos se pudesse. O ideal, mas utópico demais, era que cada emissora pudesse passar o que quisesse, desde que pagasse para isso, e que o dinheiro fosse para os clubes. Já pensou que legal, Globo passando Palmeiras e Corinthians, mas RedeTV com Goiás e Atle´tico-MG? O torcedor escolheria o que quer ver.

Sobre audiência, é complicado. Os caras só terminam o Faustão cinco minutos antes e fazem o pré-jogo correndo. Acabam o jogo com pressa para passar...Faustão. E não é só a Globo. A redeTV faz o mesmo na série B.
E outra: colocar num horário melhor, mais cedo, ajudaria muito a audiência, mas aí tiraria do ar a "imperidível" novela...
abs, stéfano

Garota do Futebol disse...

Opinião sincera... Sofro com esse negócio da programação. Eu, se pudesse, assistiria todos os jogos... De campeonatos internacionais ou não.

E já respondo agora. Eu sou brasileira e, mesmo amando meu time, eu gosto de futebol sim. Topo ver qualquer jogo, de verdade!
Beijos.

carlos disse...

Quanto a Globo, li os comentarios dos blogueiros e digo que a era Globo de monopólio esportivo está acabando e com isto muita coisa vai melhorar. Acha visto por exemplo que ela não vai transmitir a proxima olimpiada (Record) e corre o risco de não transmitir a copa do mundo no Brasil. É esperar para ver ....

Leonardo disse...

É complicado... A tabela foi feita antes do campeonato começar, logo não teria a menor possibilidade de prever a situação de cada time nessas rodadas finais. Atletico MG e Flamengo poderiam estar la na zona do quem não quer nada (sem chance de libertadores/rebaixamento), enquanto Coritiba e Vitória poderiam estar brigando contra o rebaixamento e pelo título, respectivamente. Mas em se tratando de GLOBO/CBF, toda crítica é válida.