29 de junho de 2010

Copa do Mundo - Dia 18 (2) - Brasil faz seu melhor jogo e pega Holanda

Por motivos médicos, um ligeiro atraso no post sobre a vitória do Brasil sobre o Chile por 3 x 0. Mas até que foi bom, pois acordei e li que a FIFA irá reconsiderar o uso da tecnologia do futebol. É a grande zebra do dia.

O Brasil veio postado ora no mesmo 4-2-3-1 de sempre, ora num 4-4-2 em losango. O início da partida revelou a opção pelo primeiro esquema, com Ramires jogando ao lado de Gilberto Silva, fazendo dupla de volante. Porém, ainda durante o primeiro tempo, deu pra ver mais claramente a opção pelo segundo esquema, com Daniel Alves jogando centralizado. Isso mexeu também no posicionamento de Robinho, não tão aberto pela esquerda, como quando joga no 4-2-3-1.


Vale notar que o Brasil só tomou dois gols até aqui, contra Coreia do Norte e Costa do Marfim, e em momentos em que a partida já estava resolvida, perto do fim. Superar a dupla Lúcio e Juan não é das tarefas mais agradáveis.

O medo agora é por conta do desigual duelo Arjen Robben x Michel Bastos. É notável ver como o futebol do jogador do Lyon melhorou após a entrada de Gilberto, pois passou a atuar mais na dele, no meio campo. Quase fez um golaço.

O Chile, como sempre, não é de fácil definição numérica, mas Marcelo Bielsa pareceu mandar seu time no mesmo 3-3-1-3, com Beausejour jogando mais atrás, fazendo a função de meia, e Mark González aberto pela esquerda, tentando impedir as subidas de Maicon.


Alexis Sánchez fez sua pior partida, sem levar muito perigo, mesmo jogando no setor de Michel Bastos, fraco na marcação. Além disso, como já disse aqui, González é uma das maiores enganações da década, não demorará muito e estará de volta a um clube chileno.


Ficha da partida:

Brasil: Júlio César; Maicon, Lúcio, Juan e Michel Bastos; Gilberto Silva, Daniel Alves e Ramires; Kaká(80' Kléberson); Luis Fabiano(75' Nilmar) e Robinho(84' Gilberto).
Téc.: Dunga.
Chile: Bravo; Jara, Fuentes e Contreras(46' Tello); Isla(61' Millar), Carmona e Vidal; Beausejour; Alexis Sánchez, Humberto Suazo e Mark González(46' Valdívia).
Téc.: Marcelo Bielsa.

Gols: Juan 34', Luis Fabiano 37' e Robinho 58'

Melhor em campo FIFA: Robinho


Crédito dos escudos: http://escudinhos.blogspot.com

3 comentários:

Rodrigo De Ros disse...

Brasil vai pegar meu favorito http://bit.ly/bUdxwR quem leva vantagem?

Gigante Colorado disse...

Realmente, o Brasil jogou do jeito que todo mundo quer ver. Mas é importante salientar que foi contra o Chile, não desmerecendo, mas quero ver como o Brasil vai jogar contra a Holanda.
Adversários melhores virão, e eu espero que o Brasil jogue cada vez melhor!
Vamo que vamo, neh?
Rumo ao Hexa!
Faltam só 3 jogos! hahahaa

BEijoooo (Gabriela)

Flávio Santos disse...

A vitória do Brasil foi categórica. Impôs sua maior qualidade técnica em campo.
O Chile não tinha a menor condição de superar a zaga brasileira. Juan e Lúcio atuam tão bem que só craques conseguem supera-los! Fico cada mais impressionado de como o Brasil virou uma grande fábrica de zagueiros técnicos!