12 de fevereiro de 2011

Torcedor brasileiro anda tão chato...

Estamos em fevereiro, mal se completou um mês de atividade dos times brasileiros, e o "torcedor" já está dando seu show:

- A do Corinthians quebra carros e expulsa Roberto Carlos, sob o arrogante pretexto de que o lateral "pipocou". Aham, um cara que jogou duas finais de Copa do Mundo, tem três Liga dos Campeões, pipocaria contra o Tolima... Mania de achar que time brasileiro só perde pra si próprio;

- Do Fluminense, além de levar um público ridículo para a estreia da Libertadores, tá enchendo o saco de Diego Cavalieri, que deve ter uns quatro jogos no clube após mofar na reserva do Liverpool e Cesena;

- Do Grêmio vinha enchendo Jonas, apenas o grande responsável pelo time estar na Libertadores'11;

- Do Atlético Paranaense já conseguiu barrar o promissor goleiro João Carlos (quem acompanha Copa SP de Juniores já se impressionou com ele);

- Do Botafogo vaiou o time em alguns jogos onde saiu vencedor. Um time limitadíssimo, que fez seu melhor Brasileirão em 2010 desde o título de 1995;

- Do Cruzeiro vem pegando no pé de Gilberto, decisivo em algumas partidas de 2010;

- Do Vasco, ainda que essa até tenha uma dose de razão, mas já vaiava o time no primeiro (!) jogo do ano, e virou a bola de neve que virou, com a pior campanha da história cruzmaltina,

- Do Santos vaiou o time no "fundamental" empate diante do Santo André.

Citei oito times, a metade está na Libertadores. Torcedor se mata de fazer contas pro time se classificar pra competição continental, aí chega o início do ano e ou vaiam o time via Estadual ou fazem isso durante o torneio mais importante do ano. Por que? Pra que?

Gente que concorda com a frase: "Eu pago meu ingresso e tenho direito de vaiar" só pode assistir jogo pela televisão. Preferem exercer o tal "direito" à apoiar o time que dizem amar? Em que a torcida do Fluminense acha que está ajudando gritar o nome do goleiro reserva DURANTE a partida? Dá pra pelo menos esperar o fim?

Aí ficam com cara de bobo quando veem um time argentino perdendo jogo em casa e a torcida cantando, pulando, festejando. Tem que ficar mesmo, pois eles festejam o clube que amam, e não a qualidade do elenco e seu potencial de título. Amar assim é cômodo.

Um comentário:

Karen Senoo disse...

Ola André...
pois é os torcedores brasileiros não dão folga aos clubes nem aos jogadores. Lamentável o ato de vandalismo de alguns "torcedores" corintianos. Outro belo post aqui. Já estou seguindo o blog =)

Abraços!
@kts_gunner