2 de agosto de 2009

Formações Táticas: O "chato" Genoa


(clique na imagem para ampliar)

Eis a grande surpresa da temporada passada. O Genoa, de Gasperini, mostrou-se um time eficiente em todos os setores do campo, e por muito pouco não obteve uma vaguinha na Liga dos Campeões.

É um esquema que parece levar vantagem nos três setores do campo. Três zagueiros dão conta dos dois atacantes adversários; o meio de campo conta com dois jogadores nas extremas (Mesto e Criscito) que podem jogar até de lateral numa linha de quatro, e o ataque com três jogadores, sendo dois velozes e abertos pelos flancos, obriga o adversário a segurar seus laterais.

Pra nova temporada, apesar das importantes perdas de Thiago Motta e Diego Milito, a equipe soube (mais uma vez) se reforçar. Pro ataque, chegam dois argentinos: o experiente Hernán Crespo e Rodrigo Palacio, do Boca Juniors, enfim tendo sua primeira experiência europeia, aos 27 anos. Além dos argentinos, chega o ótimo Sergio Floccari, ex-Atalanta.

Pro meio campo, o bom Houssine Kharja, ex-Siena, pra suprir a saída de Motta.

Pro setor defensivo, chegam Bolzoni e Moretti. Duas contratações de risco. A defesa parece mesmo ser o setor mais vulnerável da equipe.

O Genoa, após longos anos na Série B, tem time pra brigar por Champions League, mas precisará dividir atenções com a Liga Europa nessa temporada. Veremos se o elenco está com profundidade suficiente pra aguentar ambas competições.

2 comentários:

Leonardo disse...

Eita, tava dando uma consultada aqui e o Genoa foi campeao italiano 9 vezes, ha milhares de anos .... é o Santos italiano...

Futebol ao Cubo disse...

O Genoa é um dos mais antigos clubes da Itália, a grande parte de seus títulos são das primeiras décadas do século XX.