17 de setembro de 2009

Liga dos Campeões - 1ª Rodada (2)

Oito jogos fecharam a primeira rodada da Champions League.

Pelo Grupo E, dois placares magros. Jogando em casa, o Liverpool teve dificuldades ao fazer 1 x 0 sobre os húngaros do Debrecen. O gol foi marcado por Dirk Kuyt, a um minuto do intervalo.

Em Lyon, os donos da casa fizeram 1 x 0 sobre a Fiorentina, gol de Pjanic, aos 31 do 2º tempo. O destaque negativo da partida foi Gilardino, que foi expulso ao acertar cotovelada em Toulalan, no fim do primeiro tempo.

No Grupo F, o grande jogo da rodada ficou apenas na teoria: Inter de Milão e Barcelona não saíram do zero, em Milão. O Barcelona bem que tentou jogar (a posse de bola de 66% para os blaugranas comprova isso), mas a Inter não. Destaque para a ótima partida de Lúcio.

No confronto soviético, melhor para os ucranianos do Dynamo Kiev, que viraram pra cima do estreante russo Rubin Kazan. O ex-Zenit Alejandro Domínguez abriu o placar para os visitantes, mas com gols de Yussuf, Gérson Magrão e Gusev, o Dynamo virou e assumiu a liderança.

O Grupo G, tido como o mais fraco, começou com a vitória do Sevilla por 2 x 0 sobre o Unirea Urziceni, da Romênia. Destaque para os brasileiros Luis Fabiano e Renato, autores dos gols.

Na outra partida, o Stuttgart decepcionou sua torcida e apenas empatou por 1 x 1 com o Rangers. O também ex-Zenit Pogrebnyak abriu o placar para os alemães, mas o zagueiro Bougherra empatou para os escoceses.

Pra finalizar, o Grupo H teve a melhor partida do dia. O Standard Liège, jogando em seu estádio, abriu incríveis 2 x 0 sobre o Arsenal, em menos de cinco minutos, gols de Mangala e Jovanovic. Mas o gol de Bendtner, a um minuto do intervalo, foi crucial para a virada dos ingleses no segundo tempo: Vermaelen aos 32' e Eduardo da Silva aos 36' garantiram o 100% de aproveitamento dos clubes ingleses. Vale destacar a péssima arbitragem de Iturralde González: o gol de Jovanovic saiu de um pênalti inexistente, e o gol de Vermaelen foi de um impedimento tão escandaloso que parecia Campeonato Brasileiro.

No outro jogo, o Olympiacos teve dificuldades, mas confirmou seu favoritismo ao fazer 1 x 0 sobre o AZ Alkmaar, em Atenas. O gol só saiu aos 34 do 2º tempo, com Torosidis.


Números da primeira rodada:
Gols - 37 (média de 2.31 por partida)
Vitória dos mandantes - 7
Vitória dos visitantes - 5
Empates - 4
Jogo com mais gols - FC Zürich 2-5 Real Madrid
Artilheiro da rodada - Grafite (3 gols)

* Clique sobre os grupos para ver as fichas das partidas e os jogos da próxima rodada

2 comentários:

Hugo Becker disse...

Rubin Kazan rumo ao título.

E Rubim Barriquélo também!

Futebol ao Cubo disse...

Hahaha, isso, Rubin é o time do Rubinho, e Unirea Urziceni é o time do Rogério Ceni \o/