2 de outubro de 2009

Rio de Janeiro sede em 2016

Não tenho dúvidas que o espetáculo será bonito. Até não tenho dúvidas de que o contato do povo brasileiro com esportes mais alternativos (canoagem, esgrima, etc) fará o interesse de jovens em praticar tais esportes aumentar (onde vão praticar aí já não sei). Mas não foi a melhor escolha.

Primeiro porque há dois anos tivemos um triste exemplo de que a palavra legado já virou clichê: Pan-Americano de 2007, no Rio de Janeiro. A tal ponto do Parque Aquático Maria Lenk não servir pras Olimpíadas.

Segundo, e mais importante, é o simples fato do Rio de Janeiro ter mil prioridades acima do que construir praças olímpicas. Cidades como Madrid e Tóquio precisariam se preocupar menos com infra-estrutura.

Agora, o que causa revolta é ver uma parcela do povo carioca saindo pra comemorar nas ruas. Ok, bonito que se faça isso. Mas um movimento contra políticos corruptos nem pensar, né? Aí cada um fica na sua casa. Queria muito entender o que faz tais cidadãos conseguirem sair de suas casas pra comemorar algo que, se for-lhes benéfico, será por um mês no máximo. Ficar feliz eu fiquei, mas comemorar como se o Rio fosse uma maravilha é demais.
Esse parágrafo foi direcionado aos cariocas porque é a cidade-sede, mas eu não tenho dúvidas que comemorariam em qualquer outra cidade. É mal de brasileiro, não de carioca, que fique claro.

Pra finalizar, há pessoas da cidade (do Estado também) escolhida que merecem apanhar de cinta. Ler coisas como: "Chupa paulistada!" ou então: "Praia de paulista é o Tietê!" em fóruns esportivos é enojante. Como se os paulistas tivessem torcendo contra, como se a disputa do Rio de Janeiro fosse com São Paulo, e não com Madrid, Tóquio e Chicago. Se constrói estádios, ginásios, vila olímpica, mas a educação do povo, ao menos em sete anos, é impossível.

E, na boa, cada um que profere tais absurdos contra São Paulo deveria lavar sua boquinha antes de falar do Estado mais rico desse país.

Antes de falar do meu Estado.

3 comentários:

Juliana disse...

1) Eu me senti muito ofendida com esse "do Estado também" >=/ rsrsrs

2)Apesar de toda a euforia pela mudança pro Rio (consegui o motivo que faltava) já que certamente centenas de oportunidades de emprego na minha áera se abrirão por lá, fico preocupada com o "pós-olimpíadas", assim como o "pós-petróleo". Cria-se uma expectativa muito grande para durante aquele evento, mas não se pensa no rastro de impactos que ele vai deixar. É triste ver realidades como a do citado Parque Aquático Maria Lenk, e várias outras estruturas (que não foram feitas de graça) que além de não servirem pras Olimpíadas, não servem nem pro próprio povo do lugar. Tipo, deveriam ser espaços aproveitados, por exemplo, por projetos sociais e escolas públicas pelo menos...imagina: aula de natação pra crianças carentes, disputas beneficentes ou coisas assim...mas, pelo contrário, a população não tem acesso nenhum à essas estruturas maravilhosas planejadas apenas pro Pan e que agora estão sem utilidade!!!!!!
Sem contar que algumas delas estão sendo demolidas pra se construir shoppings e estacionamentos....
E os milhares de empregos que serão criados????Quando acabar a festa, pra onde vai essa gente toda???? (inclusive eu....). Por mais movimentada que seja a cidade, não vai existir demanda pra manter a quantidade de serviços oferecidos!!! E isso não só na capital!!! O setor hoteleiro da minha região, principalmente de Petrópolis pela proximidade com o Rio,(minha segunda opção) já tá começado a se mobilizar pra atender aos gringos que não conseguirem ficar por lá, contratando e capacitando pessoal pra trabalhar naquele período...e depois????Pra onde eu vou????

3) ABSOLUTAMENTE nada contra quem ache, mas pra mim, o Rio não é tão maravilhoso assim....as minhas várias idas até lá este ano (ainda falta uma), só serviram pra concretiza a minha idéia!!!!

Rio de Janeiro, cidade maravilhosa, só mesmo nas novelas de Manoel Carlos!!!!

Futebol ao Cubo disse...

É uma pena dizer isso, mas já que falou em novelas, fica a sensação que algumas lindas músicas que foram compostas ao Rio de Janeiro acabam fazendo os atuais cidadãos acharem que, ao Rio, basta ser lindo, ser "bonito por natureza".

Eu não sou um 100% contra, um intransigente, há sim argumentos favoráveis, mas a escolha do Rio em detrimento ao Japão e Espanha (EUA não) passa a sensação de que ter infra-estrutura bem adiantada é o de menos.

Andressa disse...

Eu vi o seu texto só depois de fazer o meu, não me senti ofendida de maneira alguma. Concordo com vc, as zoações foram grandes com os paulistas, mas faz parte da rivalidade RJ x SP. Pra falar a verdade, a maioria dos paulistas q eu conheço estavam torcendo contra, mas no meu blog eu quis me referir mesmo aos próprios cariocas que torceram contra ;)