11 de novembro de 2009

Uma imagem que vale mais do que mil palavras



No momento, essa é a página oficial do Hannover 96: não há links ou qualquer outra coisa, apenas essa imagem com a frase: "Nós choramos por Robert Enke".

Enke, titular do Hannover e da seleção alemã, se suicidou nesta terça-feira.

9 comentários:

Gremista Fanático disse...

Posha cara, lamentavel quando um ser humano chega a esse ponto, não gosto de julgar as pessoas, e não sei o que o cara passou pra chegar a fazer isso, o que eu sei é que ele perdeu sua filha de apenas 2 anos e isso pra mim seria um motivo forte pra cometer tal ato, não gosto nem de pensar porque tenho uma filha pequena e nem consigo imaginar viver sem ela, mas enfim, eu lamento muito por isso. abraço.

Saudações do Gremista Fanático

Maldita Futebol Clube disse...

Na realidade são letras que valem mais do que mil imagens. Suscinto, brilhante, objetivo e discreto. Faz a mensagem chegar intelígivel ao púv bluico. o luto do preto , o pesar das palavras. Excvelente post. Parabéns.

Thiago de Barros disse...

Não vou nem falar de futebol! É triste ver um homem tão jovem morrer dessa forma. Quase não acreditei quando fiquei sabendo. Mas são coisas da vida! Nós choramos por Robert Enke, a imagem diz tudo! Parabéns!
abraço a todos!!!

Stéfano disse...

Chocante...
Essa imagem vale muito mais que mil palavras mesmo.

Cadê Meu Camisa 10? disse...

André, tinha visto a matéria ontem e fiquei abismado... É uma pena para o futebol, a seleção alemã está prestes a cancelar o amistoso que faria contra o Chile..

Abs,
Cadê Meu Camisa 10?

carlos disse...

Lamentável a morte do goleiro Robert Enke.....

Comentarista Bola Murcha disse...

Olha, perdi um amigo de infância assim, por vontade própria. Até hoje, depois de 7 anos, não sei e ninguém saberá porque. Muita coragem ou falta dela. Egoísmo? Quem se foi, foi, quem fica, sofre.
Vai entender a espécie humana...
Abraço,
Celso Ceschini

Claudio Henrique disse...

Triste isso cara. Infelizmente isso acontece mesmo. Agora não consigo entender como é que um goleiro que estava cotado para ser o títular absoluto da seleção alemã, vinha em boa fase e com a Copa do Mundo vindo, tem coragem de fazer isso?

Abraços

Hugo Becker disse...

Isso foi triste demais, mas estranhamente, teve repercussão praticamente nula nos blogs esportivos que leio...